Observatório da Web

2o. TURNO: ACOMPANHE A REPERCUSSÃO NA WEB EM TEMPO REAL

30/10/2010 10:00

A movimentação no Twitter em torno das eleições e dos candidatos será monitorada ao longo do dia 31 de outubro em tempo real pelo Observatório. Com a ferramenta, podem ser conhecidas as expectativas dos eleitores internautas durante a votação e após a apuração dos votos que definem o nome do próximo presidente do Brasil.

A análise em tempo real do Twitter será feita em três momentos:

A ferramenta, desenvolvida por pesquisadores da UFMG, também oferece recurso para vizualizar o arquivo da oscilação do número de tuítes por minuto mencionando os candidatos José Serra (PSDB) e Dilma Roussef (PT). A Nuvem de Tags permite conhecer o que foi mais comentado durante um período de 5 minutos.

Reta final: Observatório mostra perfil dos tuiteros

27/10/2010 11:00

O Observatório das Eleições 2010 disponibiliza mais um recurso para compreensão da dinâmica da Web nessas eleições: a proximidade dos usuários do Twitter em relação a Serra ou a Dilma no ranking dos videos mais disseminados na rede social.

O conceito de proximidade é definido como afinidade dos usuário com os candidatos, observada a partir das mensagens retuitadas pelos usuários. No ranking dos 10 vídeos mais populares desta semana, o recurso mostra equilíbrio no número de vídeos disseminados por tuiteiros próximos a Serra (4) e próximos a Dilma (6). No conteúdo, os vídeos utilizam táticas diferentes para chamar a atenção: ora apresentam propostas de governo, ora se concentram em ataques aos candidatos.

Além desse novo recurso, nesta reta final da campanha o Observatório monitora os últimos debates televisionados com os candidatos à presidência. Saiba como foi a repercussão no Twitter do debate promovido pela Rede Record e programe-se para o debate da Rede Globo, marcado para sexta-feira, às 22h.

Estudo revela como tuítam seguidores de Marina no 2. turno

19/10/2010 11:00

O Observatório das Eleições 2010 analisou tendências de postagens favoráveis e contrárias a Dilma Roussef (PT) e a José Serra (PSDB) entre os seguidores de Marina Silva (PV). Para isso, a técnica desenvolvida no Departamento de Ciência da Computação da UFMG avalia a proximidade entre usuários que podem ser considerados como representativos de cada viés, como os perfis oficiais dos candidatos e partidos.

No primeiro turno, 34.539 usuários do Twitter tuitaram a favor de Marina. No segundo turno, 52% (17.887) desses usuários se manifestaram novamente. Os 48% restantes ainda não se manifestaram desde o fim do primeiro turno.

Entre os 17.887 usuários favoráveis a Marina Silva no primeiro turno, foram identificados os seguintes comportamentos mais fortes de cada usuário:

1) 12% explicitamente se tornaram mais próximos a Serra, utilizando tags positivas. Exemplo: #serra45.
2) 12% explicitamente se tornaram mais próximos a Dilma, utilizando tags positivas. Exemplo: #dilma13.
3) 40% passaram a fazer campanha contra Dilma, utilizando tags negativas. Exemplo: #dilmaNão.
4) 6% passaram a fazer campanha contra Serra, utilizando tags negativas. Exemplo: #serramilcaras.
5) 30% continuaram a comentar as eleições, mas sem assumir uma posição clara (utilizando tags neutras ou estudando igualmente próximos dos dois candidatos que foram ao segundo turno). Exemplo: #eleicoes2010.

Segundo o pesquisador Pedro Calais Guerra, responsável pelo estudo, as porcentagens representam o comportamento mais forte dos tuiteiros. “Quando um usuário retuíta outro usuário, ele, de forma implícita, está dizendo que endossa o que o outro usuário diz. Os eleitores tendem a ser consistentes e postar tuítes e retuitar usuários que reforçam a sua opinião, positiva ou negativa, sobre os candidatos. Nossa estratégia de análise explora esse padrão de comportamento”, afirma.

Web reflete exploração de temas polêmicos na campanha do 2. turno

07/10/2010 12:00

O Observatório das Eleições 2010 captou o auge das referências ao debate da descriminalização do aborto no conjunto de jornais e revistas online. Apenas no dia 7 de outubro, foram 64 referências à palavra “aborto” relacionadas à candidata Dilma Roussef (PT). O pico anterior, de 32 citações, havia sido registrado no dia 30 de setembro.

Gráfico sobre tema aborto

No que se refere à José Serra (PSDB), o maior pico de julho até a data do 1. turno indicava 20 citações no dia 18 de agosto. No dia 6 de outubro, o número de citações relativas à palavra "aborto" para notícias com o candidato sobe para 50.

Os blogs políticos também repercutem a extensiva exploração nesta etapa da campanha, sendo os maiores picos de ambos os candidatos verificados no dia 5 de outubro . “Na busca por conquistar votos daqueles que não são favoráveis à descriminalização do aborto, as notícias nas mídias online apontam para um posicionamento mais conservador dos candidatos sobre o aborto e outros temas polêmicos, como a união civil entre homossexuais”, analisa Frederico Alves Costa, pesquisador do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para a Web (InWeb).

Ainda no mês de setembro, o Observatório das Eleições 2010 já havia capturado o movimento de propagação no Twitter de vídeos de setores da igreja desaconselhando o voto em candidatos do PT. Segundo os pastores, o partido apoiaria a descriminalização do aborto.

ACOMPANHE A MOVIMENTAÇÃO ONLINE DO DIA DAS ELEIÇÕES

02/10/2010 04:00

Neste domingo, dia 03 de outubro, o Observatório das Eleições monitora o Twitter minuto a minuto. Os eleitores vão poder acompanhar o tráfego das mensagens durante o período da votação, bem como, a partir das 17 horas, a movimentação em torno das pesquisas de boca de urna e o passo-a-passo das apurações.

O Twitter tem sido usado para a propagação de sites, vídeos e opiniões rápidas sobre os candidatos. Pela primeira vez teremos acesso em tempo real à reação dos eleitores e dos candidatos aos acontecimentos durante a votação, ao impacto das pesquisas finais e à reação dos candidatos aos boletins de apuração do TSE. Além disso, o Observatório da Eleições, através da ferramenta "Mídias e Temas", possibilita o acompanhamento da imprensa online. A interação entre informações dos jornais/revistas online, dos debates nos blogs políticos e das citações no twitter no acompanhamento dos últimos momentos das Eleições 2010 podem contribuir de modo significativo para a compreensão a respeito das repercussões destas eleições na Web.

Acompanhe repercussão do debate da Rede Globo

30/09/2010 01:00

A partir das 22h30 de hoje, dia 30 de setembro, internautas poderão monitorar o tráfego de mensagens no Twitter relacionadas aos presidenciáveis em tempo real. A tecnologia, desenvolvida por pesquisadores do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Web (InWeb) com coordenação do departamento de Ciência da Computação da UFMG, estará disponível em Eventos para acompanhamento do debate da Rede Globo de Televisão. Será o último encontro televisionado entre os candidatos à Presidência da República antes das eleições do dia 3 de outubro.

A ferramenta irá exibir, minuto a minuto, as citações feitas na rede social aos candidatos Dilma Rousseff (PT), Marina Silva (PV), Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) e José Serra (PSDB). Um gráfico apresenta essa oscilação. Simultaneamente, será possível acompanhar o conteúdo dos tweets a partir de dois recursos: a Nuvem de frases e a Chuva de bolas, com os termos e as palavras mais comentadas no minuto anterior. “Assim poderemos identificar como as falas e respostas dos candidatos serão utilizadas pelos militantes e pelas campanhas dos partidos para tentar repercutir o debate no Twitter”, destaca Regina Helena Alves da Silva, pesquisadora do InWeb e professora do departamento de História da UFMG.

Tecnologia

O tempo real depende de quatro etapas: coleta instantânea dos tweets, extração a partir dos nomes dos presidenciáveis, identificação de frases mais comuns e apresentação no site. De acordo com Wagner Meira Jr, professor de Ciência da Computação e pesquisador do InWeb, “o desafio técnico foi tratar um grande volume de mensagens ao mesmo tempo. Foi preciso equilibrar as várias fases do processo para alcançar estabilidade na visualização”.

Internet reflete crescimento de Marina Silva em pesquisas

28/09/2010 10:00

Os pontos conquistados por Marina Silva (PV) em pesquisas de intenção de voto divulgadas na última semana tiveram impacto positivo na visibilidade virtual da candidata. No dia 23 de setembro, Marina alcançou 109 citações no conjunto de jornais e revistas online, o que corresponde ao maior número de ocorrências registradas durante o mês – de 27 de agosto a 26 de setembro.

O aumento na pontuação de Marina Silva nas pesquisas, acompanhado da diminuição da diferença entre Dilma Roussef (PT) e os adversários, trouxe para as redes sociais e para o noticiário de mídias na web a discussão sobre a possibilidade de segundo turno nas eleições presidenciais. No Twitter, o termo “Onda Verde” passou a fazer parte da nuvem de tags da candidata Marina também desde o dia 23 de setembro.

A reta final das eleições tem sido acompanhada pelo Observatório das Eleições com a ferramenta Eventos. Veja aqui o histórico da repercussão no Twitter do debate realizado pela TV Record no domingo e programe-se para o debate da TV Globo, marcado para quinta-feira, dia 30 de setembro.

Caso Erenice supera saúde e educação no noticiário online

21/09/2010 10:00

No conjunto de mídias eletrônicas monitoradas pelo Observatório das Eleições na semana de 14 a 21 de setembro, o destaque ao caso Erenice Guerra superou citações a propostas dos candidatos José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) nos temas de saúde e educação.

As denúncias envolvendo tráfico de influência e favorecimento de familiares por parte de Erenice enquanto ministra da Casa Civil responderam por 51% das notícias relacionadas a Dilma. No mesmo período, temas de saúde e educação, somados, corresponderam a 32,6%. A análise mostra que as denúncias foram priorizadas na campanha de Serra. Enquanto saúde e educação corresponderam a 26,8% das notícias, as declarações do candidato referentes ao suposto esquema comandado pela ex-ministra Erenice foram o tema de 33,4% das notícias e reportagens veiculadas a seu respeito. As análises partiram da ferramenta Mídias e Temas, em Presidenciáveis.

Veja mais informações

O Observatório das Eleições coleta informações de 183 fontes eletrônicas, entre sites de mídias tradicionais, blogs e sites dos candidatos e partidos políticos. Veja lista completa.

Observatório monitora debate da Rede TV! e Folha de S.Paulo

13/09/2010 10:00

O Observatório das Eleições acompanhou a repercussão na Web do debate com os presidenciáveis realizado pela Rede TV! e Folha de S.Paulo no último domingo, dia 12. Participaram Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB), Marina Silva (PV) e Plínio de Arruda Sampaio (PSOL). Este foi o quinto debate monitorado pelo site a partir das mensagens enviadas por usuários do Twitter.


A análise do evento mostra que a média de menções à Dilma foi superior a dos outros candidatos na rede social. O maior pico ocorreu após uma hora e oito minutos do início do evento, com 1.289 tweets por minuto. No mesmo instante, as citações a Serra também tiveram seu auge: 487 tweets por minuto. Como aponta a nuvem de frases mais citadas no Twitter, naquele momento o debate estava centrado no enfrentamento entre os dois candidatos a respeito das relações diplomáticas entre Brasil e Irã: “"Dilma defende o presidente do Irã", "Direitos Humanos?".

Já nos debates anteriores (TV Gazeta e O Estado de S. Paulo, dia 8/09 e TV Canção Nova e Rede Aparecida, dia 23/08), Dilma foi criticada nas mensagens do Twitter pelo não comparecimento aos eventos. Entre as frases mais comuns, foram registradas: "lugar da Dilma vazio", "Dilma fugindo do debate", "Dilma não é do Ramo".

Do Twitter para o Youtube, vídeos atacam Dilma

08/09/2010 09:00

A primeira semana de setembro foi marcada por intensa divulgação de vídeos contrários à candidata Dilma Roussef (PT) na rede social Twitter. Dados coletados pelo Observatório das Eleições mostram que, no ranking dos cinco vídeos mais populares do Youtube enviados via Twitter, três fazem menções negativas à candidata. O período analisado coincide com a divulgação das pesquisas de intenção de voto em que Dilma apresenta vantagem próxima a 20% em relação ao candidato José Serra (PSDB). Por sua vez, as notícias sobre Serra têm enfatizado a quebra do sigilo dos dados fiscais de sua filha, responsabilizando o PT e a campanha de Dilma pelo ato.

Por favor, aguarde.